O encanto dos tons de azul bebê
16 de maio de 2018
Animais selvagens revisitados em projeto vintage
17 de maio de 2018
Por Cristina Cosme /Fotos: Divulgação
Cantinho de estudo com papel de papel de parede colorido e painel cinza na parede, escrivaninha rosa e cadeira branca

No cantinho de estudo, escrivaninha moderna de cor rosa e pés em formato de cavalete

Sempre que os pais nos procuram buscando sugestões para montar o cantinho de estudo, surge um questionamento básico: qual é o local ideal? Na verdade, o melhor seria um quarto destinado aos estudos e às atividades recreativas.

No entanto, nem sempre existe um cômodo disponível para isso e, assim, é preciso fazer um estudo detalhado para se chegar a uma composição atraente, bela e funcional no próprio quarto da criança. Para deixar o ambiente, que antes era apenas de dormir, em um lugar de duplo uso devemos levar em consideração alguns pontos importantes.

Confira, a seguir, quatro dicas que fazem muita diferença para ter um projeto perfeito.

1. Preste atenção na iluminação do cantinho do estudo

O ideal é um ambiente com boa entrada de luz natural. Mas, como nem sempre é possível, o uso de uma luminária específica na escrivaninha é uma boa opção.

E atenção: o posicionamento da peça é importante. Para a luz não fazer sombras, o foco deve ser posicionado para o tampo da mesa ou da escrivaninha onde será usado o caderno e direcionado para o lado oposto da mão que a criança escreve.

A escolha da cor da luz também é muito fundamental: as brancas-azuladas são frias e estimulam o estudo, já as amareladas são mais relaxantes.

2. Ergonometria é fundamental

Os móveis escolhidos para compor o cantinho de estudo são fundamentais para garantir conforto. Além de manter a postura da criança correta. O encosto da cadeira, por exemplo, deve ser firme e a altura da peça compatível com o tamanho da criança. Ela precisa estar, sempre, com os pés apoiados no chão. Os antebraços devem estar na altura do tampo da escrivaninha e, para definir a altura da mesa, primeiro escolha a altura da cadeira. Por isso, para solucionar essa questão, sempre projetamos peças com altura regulável, que se ajustam a cada etapa de crescimento da garotada.

3. Estética também é importante

A escrivaninha deve ser bem atrativa. Afinal, a criança precisa ter prazer em estar bem acomodada no seu cantinho de estudo.

Lacas coloridas, designs arrojados e divertidos, pequenos baldes para colocar lápis e canetas, minicaixas para guardar clips, borracha, apontador, entre outros itens são bem-vindos no cantinho de estudo. Além de ganchos para pendurar alguns itens são fundamentais. E lembre-se: as peças e os tons escolhidos precisam estar em perfeita harmonia com a cama, o armário e com o restante da decoração do quarto.

4. Acústica: silêncio faz toda a diferença

Para ajudar na concentração, o ambiente precisa ser calmo. Nada de interferência de muitos ruídos. Por isso, se a janela do quarto der para uma avenida com muito barulho, vale apostar em vidros que bloqueiam o barulho intenso.

 

casa-e-ambiente-bebe-cantinho-de-estudo-1 casa-e-ambiente-bebe-cantinho-de-estudo-2 casa-e-ambiente-bebe-cantinho-de-estudo-3 casa-e-ambiente-bebe-cantinho-de-estudo-4
<
>
Cantinho moderno com cadeira estofada na cor vermelha, dando o ponto de cor nesta composição de tons claros

Veja também: Móveis coloridos com alegria e charme e Quarto colorido para bebê

Cristina Cosme é arquiteta e sócia da Ri-Pô-Pi, empresa especializada na criação de móveis e projetos de decoração para quartos de bebês e infanto-juvenis.

Assine nossa newsletter

Guia de Fornecedores



Inclua sua marca aqui!



Agenda

Próximo Evento:

No upcoming events.

Su Mo Tu We Th Fr Sa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 «  ‹ out 2019 ›  » 



Pin It on Pinterest